Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Quero

por arresiur, em 28.07.15

eu quero ir,
ir para longe
para qualquer lugar
agora

eu quero fugir,
fugir da realidade
que me aprisiona
agora

eu quero escapar,
escapar de tudo
aquilo que me envolve
agora

fecho os olhos,
a brisa afaga-me o rosto
e as lágrimas rolam
vertiginosas

tranquilidade

acordo
foi tudo um sonho
ainda aqui estou
manchado de lágrimas

e as cicatrizes permanecem

publicado às 12:37


Espectro

por arresiur, em 25.07.15

tu que
vagueias na neblina
ocultando a transparência do teu ser,

tu que
viajas por entre mundos
procurando sedento a seiva da vida,

perscruta no teu eu
o mapa que te levará

à fonte
da
imortalidade.

publicado às 18:37


Será que?

por arresiur, em 23.07.15

não vês
não ouves
este meu sentimento cego

não vês
não ouves
esta paixão ardente

não vês
não ouves
esta minha dependência

não vês
não ouves
esta minha dor

não sentes
este meu pesar.

publicado às 11:10


Nascimento da Loucura

por arresiur, em 22.07.15

nascimento
sentimento
sofrimento

energia
magia
poesia

amor
clamor
ardor

alvura
ternura
loucura

publicado às 11:39


Morte

por arresiur, em 20.07.15

chegaste
e nem te senti.

levaste tudo contigo,
os sonhos que me guiavam
as ilusões que me iluminavam

roubaste o meu respirar.
um minuto e tudo acabou.
nada mais restou.

somente aqui ficou,

a minha alma.

publicado às 10:06


Lobisomem

por arresiur, em 17.07.15

em noites de lua cheia
corro dos desígnios da vida
tentando esconder assim
o animal que há em mim.

regresso às minhas origens
e à procura de virgens
percorro as escuras ruelas
sempre, sempre à procura delas.

procuro nos locais mais sombrios
e espreito nos mais insólitos
para gáudio da minha alegria
é assim até ao romper do dia.

e é já de madrugada
que com a camisa rasgada
se dá o regresso a casa
já com a fome saciada.

e ansiando pela lua cheia
me deito pela calada
nesta busca tresloucada
por uma virgem mal amada.

publicado às 10:45


Essência

por arresiur, em 16.07.15

feiticeira irreal
dança teatral
rainha imoral
amor carnal

sonhos mórbidos
desejos sórdidos

mentes despidas
cores garridas

inspiração corrente
dor crescente
vida existente
no seio do teu ventre

publicado às 10:11


Diva

por arresiur, em 15.07.15

tenho saudades do teu gemer
no meu lóbulo interior

da tua pequena malvadez
e do teu mordaz sorrir

sim
esse que te faz sentir

um vil querer
uma vontade de me ter
dentro do teu mais profundo ser
minha diva do prazer

publicado às 10:55


Chega

por arresiur, em 14.07.15

a angústia teima em ficar
e tolda-me o pensamento

e por cada capítulo que escrevo
por cada nova página
por cada nova frase
por cada nova palavra
em que transcrevo a verdade

está a poesia
a rima
a ternura
a demência
o pudor

chega de tanta mentira
chega de tanto ardor
chega de tanta dor

chega!

publicado às 11:39


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

subscrever feeds